UM PAI, SEUS FILHOS, SEU LEGADO.

Os filhos crescem enxergando o seu pai como um super herói. Como um exemplo a seguir. Mas será que os pais sabem que, de maneira consciente e inconsciente, transmitem valores e hábitos para a próxima geração?

PAlestrante MOtivacional em Salvador Bahia Coaching Cristiano Saback

Lembro de uma história que fez chover em meus olhos após uma palestra que dei em Minas Gerais. O evento fazia parte de um cronograma que eu criei para capacitar lideranças e equipes de uma empresa. Um projeto que durou 01 anos e meio, entre palestras e treinamentos.

Aquele, provavelmente, foi o 5° encontro com as lideranças. Era final de 2015, então pela primeira vez criei uma palestra para o encerramento do ano falando sobre legado, seguindo a solicitação do contratante. Aqueles eventos de confraternização.

Comecei falando sobre a importância de liderar pelo exemplo, como as equipes olham seus líderes e gestores como referência. Em algum momento coloquei um vídeo para ilustrar como as crianças repetem os comportamentos dos seus pais e que resultados geram. O vídeo mostrava exemplos negativos e positivos. É um vídeo que choca e, também, emocionante. Dá uma sacudida em cada um de nós. E, acredite, para colocar cada profissional comprometido com a mudança e melhoria de performance é preciso provocar. Aliás, mais importante do que isso, é preciso ter metodologia e didática para fazer essa provocação.

Sempre ao final de cada evento as pessoas me procuram para cumprimentar, tirar fotos, agradecer ou desabafar. O que me deixa feliz, porque cada manifestação dessa é um feedback de que ali se estabeleceu uma relação de confiança. Um valor extremamente importante para o trabalho que desenvolvo. Afinal, as empresas que me contratam esperam que a minha metodologia provoque uma evolução e bons resultados no ambiente de trabalho.

Em certo momento, um homem de mais ou menos 35 anos, se aproximou e me perguntou:

– Posso trocar uma palavra com o senhor?

– Claro que sim. (falei)

Ele se aproximou, me puxou para um lado mais reservado e falou:

– O senhor me perdeu no meio da palestra. Nem consegui  mais prestar atenção.

Engoli seco. Parei e pensei que a palestra, para ele, não deveria ter sido tão boa. E ele estava ali para me dar esse feedback. E sempre mantenho a minha escuta ativa, afinal a gente sempre pode melhorar com a observação do outro.

– O senhor lembra quando colocou aquele vídeo que mostra adultos e crianças e como elas repetem o comportamento dos pais? Pois é, o senhor me perdeu ali.

Nesse momento, os olhos dele já estavam marejando. E a vice-presidente da empresa se aproximava para falar comigo. Fiz sinal para que ela não se aproximasse, porque naquele momento percebi que aquele gestor queria falar algo muito pessoal. Naquela situação era o melhor a fazer, depois conversaria com ela. E ele continuou:

– Naquele momento do vídeo me lembrou uma situação que eu vivi a semana passada com os meus filhos. Nós estávamos passeando, tomamos sorvete e depois achei que eu merecia uma cerveja. Daí parei num bar, eu sentei numa mesa e pedi a minha gelada e refrigerante para eles. Um tem 09 anos o outro 11. Quando chegou a minha cerveja o mais velho disse pra mim: “pai, quando eu crescer eu quero ser que nem você”. Daí, eu todo orgulhoso perguntei o porquê. E ele disse: “Quero fazer 18 anos logo, porque aí eu vou poder beber cerveja igual como você bebe”. Naquela hora passou batido. Pra mim era normal. Mas hoje assistindo a sua palestra, me fez refletir quais são os valores que eu transmitindo para os meus filhos e como eles prestam atenção em tudo que fazemos e a gente nem se dá conta.  E eu não quero que meus filhos bebam como eu bebo.

Perguntei se sentia que bebida atrapalhava ele nas relações sociais e na rotina profissional. Ele disse que sim e que  naquele momento ele se deu conta que era uma fuga. Orientei ele a procurar uma ajuda profissional, para lidar com esse aspecto da vida dele. Depois de um bom papo ele se comprometeu a procurar uma terapia ou grupos de ajuda.

No final daquele ciclo de palestras e treinamentos, lá pelo meio de 2016, ele veio me cumprimentar pelo trabalho desenvolvido e dizer que desde a conversa que teve comigo, naquele dia, muita coisa havia mudado. Primeiro ele começou a mudar os hábitos pessoais e companhias que impactavam na sua relação com a bebida, começou a fazer programações diferentes com os filhos e que agora iria ser pai de uma menina. Percebeu que a sua relação com a família estava mudando para melhor e que seu foco no trabalho havia mudado e que já havia até recebido um feedback positivo da sua chefia, mesmo sem ela saber pelo que ele havia passado.

Essa é uma das histórias que me trazem um prazer enorme em fazer o que eu faço. Eu sei que as empresas, quando me pedem uma palestra motivacional, querem um resultado a curto prazo, mas, por experiência própria, vejo que  em algumas situações a mudança do profissional começa na esfera pessoal, para, então; gerar um impacto positivo na sua produtividade.

Essa palestra específica tinha como tema A Construção De Um Legado. E eu sempre lanço mão de técnicas e ferramentas para gerar reflexão e mudanças estratégicas, com a intenção de que cada gestor coloque em prática para gerenciar melhor as suas equipes. Meu foco é sempre comportamental, mas, dependendo do tema abordado, é claro que os profissionais acabam fazendo uma relação com o que acontece também na vida pessoal. O que é muito importante para gerar mudanças no trabalho.

Cristiano Saback Coaching Consultoria PAlestrante motivacional

*Cristiano Saback é um entusiasta de pessoas. Atua como consultor de carreira e palestrante há mais de 20 anos. Atende clientes que buscam desenvolvimento profissional e motivação para resultados. Formado em comunicação, é também  pós-graduado em psicologia analítica, em psicopedagoia e em potenciais da imagem. Além das suas formações em assessment e  em análise comportamental. Apresenta o programa Carreira & Sucesso na Educadora FM, diretor do Instituto Inteligência Interpessoal e dá palestras e treinamentos para pequenas, médias e grande empresas. Entre seus maiores clientes: Natura, Claro, OAB, Embasa, Sheraton, etc.

Solicite um orçamento para palestra ou treinamento na sua empresa dizendo o que precisa ser trabalhado no evento. É só enviar um e-mail no formulário no fim dessa página.

Veja galeria de fotos de palestras

*Os fatos são reais. O nome e cidade onde ocorreu essa experiência foram modificados.